quinta-feira, 12 de fevereiro de 2009

Com a mala vazia ou nas costas...

Esta primeira ilustração de Agim Sulaj nos remete ao drama dos estrangeiros. O seu título é exatamente este: Lo Straniero. Imagem sugestiva, que dispensa as palavras, mas que aliada a elas pode motivar um bom escrito. A idéia de que a bagagem se perde pelo caminho, referindo-se à perda dos referenciais culturais de origem, é ímpar.

A outra ilustração 
La casa dell'emigrante, é outra obra-prima por retratar em apenas uma imagem o drama de se ter a casa nas próprias costas, principalmente quando não se encontra no(s) país(es) de destino a devida acolhida, uma nova casa.

Agim Sulaj, um albanês radicado na Itália, logo um emigrante, certamente deve estar a refletir sobre a própria história ou, no mínimo, daqueles seus conterrâneos que lhe são próximos.

Conversando com uma colega de trabalho, a quem não vía há mais de 10 anos, soubemos da dura realidade dos brasileiros que vão morar e trabalhar no exterior. 

Em poucas palavras, no dizer dela, "o melhor lugar para se morar é aqui mesmo!"

Eu, particularmente, não tenho qualquer dúvida sobre isso.

Um comentário:

lucynei disse...

Bravo!!!!!! estou amando ler o seu diario ou melhor caderno de notas...
Parabéns.
beijos