terça-feira, 6 de janeiro de 2009

Saramago segue escrevendo e denunciando...

caderno.de.saramago
O que pode um post-denúncia do blog do Saramago em face à agressão de Israel?

Cada vez mais Saramago se torna o porta-voz da "justa indignação", aquela que não se permite calar diante dos desmandos dos poderosos, que ridiculamente agem parcialmente enquanto pretendem passar a impressão de paladinos da justiça e do bem...

Sarkozy, o irresponsável, eis o título do post.  Pobre França. Eis a última frase. 

Esperamos que as opiniões de um Saramago e de outros intelectuais e artistas consigam, de alguma forma, produzir algum abalo nos meandros do poder político e decisório em torno da invasão e do massacre na Faixa de Gaza.

Por fim, fica aqui o convite para a leitura in totum do texto do escritor português.

Um comentário:

elisangela disse...

Qual seria o principal papel da ONU? Levar um pouco de humanidade (se é que existe) e um gesto de sensibilidade para com a dor do ser humano (existiria sensibilidade diante de tal opulência)? Ou mostrar a hostilidade, rejeição por estes que estão desprovidos de qualquer tipo de sorte?
O que me sensibiliza é a demagogia usada por parte dos governos, teria uma nova interpretação à "Paz" para tais governantes?
Não foi pedida nenhuma ordem para atacar em Gaza, mas para suprirem suas necessidades são necessárias inúmeras ordens, para alimentar aquele que estão famintos não só de pão, mas também da falta de atos benevolentes.

Esses paladinos parecem levar "ventos e tempestades" por onde passarem!